Não fazemos ideia de como é ser pisoteado por um elefante, mas essa mulher tem em dose dupla. Uma idosa de 70 anos acabou sendo morta por um elefante enquanto coletava água em uma vila localizada no lesta da Índia. A idosa se chamava Maya Murmu e estava pegando água na última quinta-feira, 9, quando foi surpreendida pelo animal, que a pisoteou e foi embora. Ela foi atendida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital horas depois.

Durante a noite, enquanto o corpo estava sendo velado, o animal voltou ao local. Segundo os familiares da idosa, o mesmo elefante apareceu e levantou o corpo de Maya e a pisoteou novamente. O mais esquisito dessa história é que o elefante estava cerca de 200 km do local de origem do acontecimento.

Estimativas do governo indiano mostram que aproximadamente 100 pessoas são mortas por elefantes a cada ano, mas fundações afirmam que o número pode ser até três vezes maior.