sri

A Pushpika de Silva, que foi agredida por uma colega de concurso logo após a premiação, tendo que ser hospitalizada por conta do incidente, foi finalmente nomeada Mrs. Sri Lanka em uma cerimônia discreta nessa semana.

A jovem afirmou que vai processar Caroline Jurie pela agressão no palco, que acabou sendo nomeada vencedora na ocasião. Caroline tirou à força a coroa de Pushpika, sob o argumento de que ela era divorciada. A organização do concurso exige candidatas casadas, mas veta divorciadas.

A primeira campeã, entretanto, provou que, apesar de separada fisicamente do marido, eles ainda estão legalmente casados. Com isso, a organização do evento voltou atrás meses depois, e afirmou que também deve processar Caroline por danos materiais.

Através das redes sociais, aumenta o movimento para que a ex Mrs. perca também o título nacional, assim como o de Mrs. Mundo.