Me lembrou aquela cena do Paizão: