A coceira é uma reação normal do corpo humano, e existem vários tipos delas. Veja aqui 5 tipos de coceira que todo mundo já teve uma vez na vida (a última é a melhor de todas!):

1 – Aquela coceira bem no meio das costas, que é difícil de coçar

View post on imgur.com

2 – Aquela coceira que você não dá nada, mas quando se dá conta tá vermelhão só

View post on imgur.com

3 – A coceira contagiosa, você vê alguém se coçando e sente vontade também

View post on imgur.com

4 – Aquela coceira em você vira um exímio contorcionista

View post on imgur.com

5 – Mas existe uma coceira tão gostosa, que é quando alguém se coça pra te pagar o que tava te devendo.

View post on imgur.com

Então, se você fez um trabalho ou vendeu algo – e tão enrolando pra te pagar, proteste!
Cobrar uma dívida no Cartório de Protesto é muito fácil, você nem precisa ir até o cartório. Você envia eletronicamente, com toda a segurança, pela internet, os títulos e documentos que comprovam a dívida – e a coceira começa a pegar no sujeito.

View post on imgur.com

E que baita coceira! De cada 4 dívidas encaminhadas pra protesto, em pelo menos 3 o devedor se coça logo e tudo se resolve em apenas 3 dias úteis. O Cartório de Protesto é o jeito mais eficiente de cobrar uma dívida.

E não é só pra dívidas na capital, não: o coça-coça do cartório de protesto pega em todo o Rio Grande do Sul, tchê! Acesse protestors.com.br e saiba mais.