Grosso no Cinema: ‘As Aventuras de Pi’ será Sessão da Tarde

Crítica cinematográfica do vivente que gosta da pele de um tigre

Sessão da Tarde. Eis algo que apreciamo* aqui pra fora. Dá pra tirar leite da vaca e deixar o televisor ligado, lá no fundo do galpão. O Seu Adalberto, dono das quadra de campo, comprou uma TV pra nos entertê. E deixemo ela ligada. Sabe que a produtividade aumentou, até. É meio que relaxante. E o plim-plim dessa Sessão da Tarde: programa favorito porque vem depois da sesta. Aquele sono pós se embuxar de feijão e arroz com um pedaço de carne de panela.

E os filme são bem bom! Eu gosto mesmo é quando tem bicho. Tem um da Lassie que já vi umas 17 vez. A cadela salva vida, a cadela ajuda os humanos, a cadela é especial mesmo. Se atraca com outros animal pra honrar o dono que a alimenta. É a mesma coisa com o Rex aqui. Cachorro companheiro. Perdigueiro, bom da caçada e presta atenção feito uma coruja. De noite, dá pra dormir de porta aberta que o Rex é o alarme. E não se assusta com o barulho dos tiro quando tamo em busca de uma perdiz. (segue)

RESTO DO TEXTO AQUI!

 

*Nota do Editor: o Grosso mora no interior e escreve como fala. Então nem vem reclamar do palavreado do colunista.