Terri Graham, de 44 anos, descobriu que não podia amamentar os filhos. Quem se deu bem foi o cachorro de estimação da família, um pug chamado Spider, que passou a sorver o leite da mulher direto do peito.

O caso ocorre na Califórnia, nos Estados Unidos. A mulher não se sentia uma mãe satisfeita porque não pode alimentar nem a filha Leesa, atualmente com nove anos, nem e bebê Lucas, agora com dois, diretamente nos seus seios. No entanto, um dia, ainda em 2010, o cão experimentou o leite materno no bico de uma mamadeira; e gostou.

Desde então, segundo o “TorontoSun“, Spider passou a mamar na mãe humana. Terri admite que as pessoas podem achá-la estranha, mas garante que agora, enfim, se sente completa.

Podemos dizer, nesse caso, que o cãozinho e as crianças são irmãos de leite?

Comentários facilitados: para quem ainda não percebeu, o blog não está mais exigindo cadastro para comentar. Deixe sua opinião!

Twitter: receba as atualizações do blog. Sigam-nos os bons!
@crespani
@mundoidao