Depois dos ataques em Paris, muçulmanos do mundo todo sofrem com o preconceito, sendo generalizados como “terroristas” pelo simples fato de terem nascido muçulmanos.

Tentando se livrar deste rótulo e combater a discriminação, um muçulmano decidiu parar no meio da praça da República, em Paris, com uma mensagem em seu corpo: “Sou muçulmano, mas dizem que sou um terrorista. Você confia em mim? Se sim, me abrace”

muç2

A reação das pessoas ao se depararem com essa cena não poderia ser mais comovente. Veja:

Após o resultado, o muçulmano se manifestou sobre o ocorrido e agradeceu:

“Quero agradecer todos por me darem um abraço. Fiz isso para enviar uma mensagem para todos: Sou muçulmano, mas isso não me faz um terrorista. Nunca matei ninguém. Inclusive, posso dizer que na quinta-feira passada foi meu aniversário, mas não saí. Eu sinto muito por todas as famílias das vítimas. Quero dizer para vocês que ‘muçulmano” não significa necessariamente ‘terrorista’. Um terrorista é um terrorista, alguém que está disposto a matar outro ser humano por nada. Um muçulmano nunca será isso. Nossa religião proíbe.”

O PRECONCEITO E A DISCRIMINAÇÃO PRECISAM TER FIM!