Pedidos de casamento são sempre especiais, dos mais simples aos mais ousados. O engenheiro Tiago Cherobin, de 30 anos da cidade de Passo Fundo – RS, decidiu ousar e mostrar de forma inusitada para a amada namorada que nem mesmo o céu é o limite para o amor deles.

Após meses de trabalho e planejamento, ele conseguiu colocar o plano em prática. Com a ajuda do Projeto Estratos de Pitangueiras – SP, ele lançou um balão para a estratosfera (onde fica a camada de ozônio) com uma câmera, dois ursos, fotos, duas alianças e um pedido simples: “Ana, casa comigo?”.

balão2

O balão, com aproximadamente 2,5 kg, é preenchido com gás hélio e conforme vai subindo, a ausência de ar aumenta e o gás vai se expandindo, até que ocorre a ruptora do balão, neste caso, aos 33,6 km de altitude. O balão, que levou 1 hora e 52 minutos para subir, contou com 32 minutos de queda, sendo que 10 minutos foram em queda livre, alcançando velocidade média de 390 km/h, até a abertura do paraquedas (devido a ausência de ar).

balão

Após todo trabalho, ele mostrou a gravação para Ana Karyna Griebeler, futura esposa, que não conseguiu conter a emoção:

QUANDO SE TRATA DE AMOR, NÃO EXISTE LIMITES. COMO DIZ AQUELE DITADO “NO AMOR E NA GUERRA, VALE TUDO”!