Mensagens-picantes-para-celular-imagens

Para quem pensava que os marmanjos eram os principais consumidores de put*ria no Whatsapp, saiba que não! Pesquisa aponta que as mulheres são as maiores responsáveis pelo compartilhamento de pornografia no aplicativo.

Em uma pesquisa publicada na revista espanhola Enseñanza de las Ciencias, o Prof. Dr. Andrzej Harms Stolbova, da Universidade de Varsóvia, chega a conclusão que o Whatsapp é o aplicativo que trafega maior volume de conteúdo erótico e pornográfico de natureza autoral e que as mulheres são as usuárias que mais compartilham esse tipo de conteúdo. Segundo ele, o suposto anonimato do aplicativo junto ao pacto de confiança entre os usuários criou o maior volume de conteúdo pornográfico pessoal da história.

A pesquisa foi realizada em diversas cidades como Londres, Nova Iorque, Madri, Varsóvia e em São Paulo. Foram 3.500 aparelhos observados na pesquisa, mas sempre preservando o sigilo do usuário.

Colocando em números, os vídeos de masturbação e fotos dos seios representam 63% do conteúdo erótico/pornográfico autoral nos aparelhos pesquisados. O restante, material conhecido popularmente de Caiu no Whatsapp e vídeos adultos engraçados.

– Hoje as mulheres casadas possuem mais fotos de seus peitos que de seus filhos no álbum. Possuem mais fotos de pênis dos amigos que momentos de afeto com o marido, diz Andrzej Harms.

Depois nós (homens) quem somos os safadões né gurias? Tá… sei!