Lucy Pratt, de 25 anos, sofre de uma rara doença que faz seus músculos se transformarem em ossos. Como resultado, a garota está se tornando uma “estátua humana“.

A condição, chamada de fibrodisplasia ossificante progressiva (FOP), cria um crescimento ósseo extra sob qualquer solavanco ou batida. Lucy, que mora em Londres, na Inglaterra, já tem restringidos os movimentos da mandíbula e o pescoço travado, não conseguindo mover a cabeça (é uma mulher que não diz não ).

Geralmente a doença é diagnosticada ainda na infância, mas Lucy só apresentou sintomas quando já tinha 15 anos. Agora ela corre contra o tempo em busca de uma cura. O maior medo da moça é perder o movimento das pernas e ficar em uma cadeira de rodas.

– É uma condição progressiva, então somente vai piorar – diz, conforme o “The Sun“.

Eu não namoraria essa guria, é uma mulher com grande risco de ter um coração de pedra.

Resposta aos leitores: como sempre, nas postagens do blog existe a busca por descontrair e encontrar um lado mais brando mesmo nas situações mais complicadas, o tipo de relação que busco ter com meus próprios problemas. Infelizmente não é esse o efeito que se está produzindo, pelo contrário, a busca por “leveza” está gerando cada vez mais comentários contrários, alguns educados, mas a grande maioria raivosos e até ameaçadores. Sendo assim, risco meus gracejos do post. Não vou apagá-los apenas por respeito aos leitores que ainda vão ler o texto, e não entenderiam o motivo dessa resposta. Deixo apenas a história, com um pedido de desculpas a todos que se sentiram ofendidos de alguma forma.

Comentários facilitados: para quem ainda não percebeu, o blog não está mais exigindo cadastro para comentar. Deixe sua opinião!

Twitter: receba as atualizações do blog. Sigam-nos os bons!
@crespani
@mundoidao