reprodução

Ninguém gosta de achar um fio de cabelo no meio da comida (blérg). Mas agora, se isso acontecer, o cozinheiro pode dizer que a culpa é da roupa. Isso, claro, se ele estiver vestindo uma peça desenvolvida pela romena Ioana Cioanca, de 71 anos. É que a artista criou várias peças de vestuário utilizando como matéria-prima o próprio cabelo.

O objetivo de Ioana era demonstrar como o cabelo humano é prático. Segundo o G1, ela já fez chapéu, saia, blusa, bolsa e um par de luvas da cabeleira (haja tônico capilar).

– As roupas são quentes e confortáveis – afirma a “estilista”, que tem como objetivo entrar para o Guinness, o Livro dos Recordes.

Ioana admite que talvez outras mulheres já tenham feito suas próprias roupas utilizando o cabelo como matéria-prima. Mas ela duvida que alguma tenha criado tantas peças quanto ela.

E, pela foto, a impressão que fica é de que a romena ainda tem cabelos, mesmo após ter sido “tosquiada” tantas vezes para fazer as roupas.

A mulher é praticamente uma ovelha.

Postado por André Crespani