Marco“, de 45 anos, é um italiano muito religioso. Tão religioso, que ele quer ser freira. Freira? Sim, freira. Apesar de ter nascido homem, para “Marco“, que é homossexual, ser padre não basta. Ele quer assumir de vez sua condição feminina e se tornar freira.

Em maio, “Marco” vai realizar seu sonho e realizará uma cirurgia de mudança de sexo. Depois, conforme a agência Efe, ele entrará em um convento – apesar de não ter o apoio da Igreja.

Para se tornar religiosa, “Marco” terá a ajuda de uma associação de promoção da justiça social, a Casapound Itália. Ele vive perto de Roma, mas terá de entrar em um convento de um país do Norte da Europa.

– Falei com o sacerdote da minha paróquia, mas me deparei com um muro de borracha. Com o bispo foi pior, mas recebi ajuda posteriormente – comentou, em referência à associação.

O porta-voz da Casapound Itália, Massimo Carletti, está disposto a tornar realidade o sonho de Marco.

– Todos os homens e mulheres deveriam ser iguais e ter as mesmas chances. Ele conta com nossa simpatia e a única culpa é a de ter uma ambição. “Marco” tem muitas virtudes e um forte ideal cristão, justamente o que a Igreja quer lhe negar – afirma.

Se tudo der certo, “Marco” será uma das “noivas de Deus”.

Postado por André Crespani