Uma imagem vale mais do que mil palavras?/reprodução
Pricasso. Assim se autodenomina o australiano Tim Patch. Sua %22técnica%22 se destaca no mundo da arte porque ele utiliza o próprio pênis como pincel. Ele já retratou celebridades como Bush e a rainha da Inglaterra, segundo o G1.

Trocadilhos para o sujeito não faltam. Ele %22usa o pênis como brocha%22. E pode dizer para algum amigo:

– Tu não pinta como eu pinto.

Tá, na verdade, ele não pode dizer isso, porque o cara é australiano, não fala português.

Agora, Tim vai concorrer ao prêmio máximo dado aos artistas em sua terra. A organização do evento, em Sydney, espera 700 retratos na disputa, que terá o seu ganhador anunciado em março.

Até lá, ele continua dando suas pingoladas. Ops, pinceladas!

Postado por André Crespani