Um ladrão invadiu a fábrica da cervejaria Guinnes na Irlanda e roubou 450 barris cheios do precioso líquido. O sujeito entrou na fábrica sozinho, com um caminhão, e engatou um trailer carregado. Foi o maior roubo de cerveja da história do país europeu.

O camarada gosta de variedade, já que o roubo foi dividido em 180 barris de cerveja escura Guinnes, 180 da cerveja Budweiser e 90 barris da cerveja dinamarquesa Carlsberg.

O valor de varejo do total furtado supera US$ 235 mil (R$ 420 mil). Mas, conforme a AP, a polícia acredita que o ladrão terá dificuldades para vender a cerveja sem chamar a atenção, a menos que conte com comparsas donos de redes de pubs no país. 

Mas quem está falando em venda! De repente o carinha só está pensando no consumo próprio. Se for assim, esse é um bom amigo para se visitar neste final de ano.

Postado por André Crespani