Uma pesquisa divulgada pelo Hospital Albert Einstein concluiu que subir na carreira faz mal à saúde. Segundo o estudo, sete em cada 10 executivos estão acima do peso, uma proporção que ultrapassa o dobro entre a população brasileira.

Entende-se: com o estresse a que são submetidos, não deve restar quase tempo estes caras terem para uma alimentação saudável, e muito menos exercícios físicos. Além disso, o estresse colabora (e muito) para o aumento do colesterol.

Ainda segundo a pesquisa, quanto mais alto é o cargo, pior é a saúde do executivo.

Embora faça muito sentido, o estudo contraria o ideal de vida de muitas pessoas, que pensam em trabalhar muito para viver melhor. Pelo jeito, a receita parece ser trabalhar menos e curtir o que se tem hoje.

Postado por Mari