Aquela conversa de que “uma imagem vale mais do que mil palavras” é questionável – afinal, quero ver alguém conseguir expressar essa frase só com uma imagem. Mas é inegável que as histórias em quadrinhos, como arte gráfica que são, produzem anualmente muitas cenas memoráveis, e abaixo estão algumas das melhores do ano de 2018, neste nosso post de retrospectiva.

Não são necessariamente as mais importantes, mas aquelas que na hora que aparecem a gente solta baixinho um “bah!” ou um “massa”. Estamos limitando nossa lista às HQs de super-heróis, ou a coisa iria ficar muito complicada de fazer (e, afinal, é disso que o povo gosta). Então vamos lá, sem qualquer ordem de importância e numeradas de forma totalmente aleatória, temos quatro casamentos, (mais de) um funeral e outras coisinhas (clique nas imagens para ampliar):

PRECISA DIZER QUE UMA LISTA DE RETROSPECTIVA VAI TER SPOILERS?

retrospectiva

Coringa tortura o Comediante

Na edição 7 de Doomsday Clock temos Coringa e Comediante (de Watchmen), dois personagens que eu adoro e sempre achei muito próximos conceitualmente. Pois bem, o Príncipe Palhaço do Crime, usando o famoso broche do smile, comete algumas torturas para cima do anti-herói; mas a melhor é a tortura psicológica: se não rolar um sorriso espontâneo, o Coringa pode “fazer” um. Remeteu na hora à clássica frase do filme “Batman: Cavaleiro das Trevas” – Why So Serious?!

retrospectiva

Venom ama Eddie Brock

No ano em que o filme do Venom fez grande sucesso (não importa se você gostou ou não, essa é a verdade), o personagem tem também sua própria HQ, na qual o simbionte volta a se fundir com seu mais famoso hospedeiro, Eddie Brock. No número 6 da revista, durante uma dura batalha, ele morre – não o homem, a gosma alienígena. Em uma inesperada cena sentimental, nos seus derradeiros momentos, enquanto “escorre” do corpo do humano, o gelecoso admite que o ama, e ficamos com a triste imagem de Eddie sem conseguir mais sentir seu querido parasita.

retrospectiva

A Orca vestida de noiva

Realmente, os brutos também amam. No número 70 de Injustice 2 – série derivada do enredo do jogo de videogame – são os vilões Crocodilo e Orca que contraem matrimônio (estranho isso de “contrair matrimônio”, parece doença). A baleia assassina aparece vestidinha de noiva. E ainda está grávida! Só imagino o bichinho que vai nascer dessa mistura. A melhor cena já está na capa, pura ternura do casal.

03

Picadinho de Hulk

Na edição 8 da série Immortal Hulk o gigante esmeralda é fatiado, tudo organizadamente guardado em vidros contendo os pedaços de monstrengo, que mesmo assim continua vivo (por isso o nome “imortal” na revista). Percebam o coração dividido ao meio que segue batendo sobre a mesa, a cabeça irritada do Hulk tentando falar e a mão que educadamente manda um dedo do meio para o barbudo.

04

A aliança atravessa a mão

Os X-Men Colossus e Kitty Pride estavam de casamento marcado, festa pronta e… era de se esperar que alguém roeria a corda. No caso, foi a noiva; no momento de receber a aliança, seu seu dedo ficou intangível, em uma cena bem bacana, com o anel atravessando sua mão. Aconteceu em X-Men Gold número 30.

05

Gambit pede Vampira em casamento

Mesmo sem casório, os noivos acima ficaram de boas, e logo depois, na mesma edição, teve surpresa. Gambit, inspirado pelo clima do não-casamento (?) pediu a mão da Vampira. Eles casaram ali mesmo, dando um pouco de alegria à festa frustrada. E se você está se perguntando, sim, ela deu um jeito de poder selar a união com um beijo no seu amado sem sugar a vida do pobre.

06

O abraço de Alfred em Bruce

O ano foi de personagens com nomes felinos dando bolo na hora de casar. Além de Kitty Pride – se você não sabe, kitty é “gatinha”, em inglês – a Mulher-Gato também deixou o Homem-Morcego no vácuo na hora de dizer sim. Sem dúvida a edição 50 de Batman vai ser lembrada pela maioria como aquela na qual o morcego ficou esperando a gata no altar. Mas a cena que eu destaco na retrospectiva 2018 é entre Bruce Wayne e Alfred, quando o mordomo é convidado para ser testemunha, tipo padrinho, de casamento, e tudo termina em um grande abraço emocionado.

07

Batman soca Gordon

Ok, mais Batman nesta retrospectiva (e eu nunca escondi que é meu personagem preferido mesmo). A gente já viu o comissário Gordon perder a paciência com a marra do Batman por algum motivo e socar a fuça do Cruzado Encapuzado. Mas em Batman número 59, após todo o estresse dos últimos acontecimentos na sua vida, – que incluem, além da desilusão amorosa, um tiro na cabeça do Asa Noturna – foi a vez do herói sentar uma muqueta na fuça do policial.