E se o Super Mario Bros fosse cadeirante?

Foi pensando nessa pergunta que três desenvolvedores israelenses criaram a versão onde a acessibilidade fosse o conceito-chave do game clássico.

Liron Atia, Roi Meyshar e Gadi Wilcherski criaram então: Not So Super Mario (Não Tão Super Mário, em português).

No novo conto Mario sofre um acidente e acaba parcialmente imobilizado em uma cadeira de rodas. Para encarar os obstáculos do game, o personagem passa a usar rampas de acessoelevadores, além de outros itens externos,  que ajudam na conclusão de seus desafios.

Em entrevista ao site The Inquisitr, os israelenses  contaram que um deles se tornou cadeirante há pouco tempo. O episódio motivou o grupo a refletir sobre acessibilidade  em uma versão engajada do game.

Alô Nintendo, fica a dica!

super mario