A personagem Arlequina sempre foi considerada apenas uma parceira do Coringa, mas, por causa da atuação de Margot Robbie como a psicopata com um grande coração no filme do Esquadrão Suicida ela está ganhando cada vez mais espaço dentro da Warner, encabeçando vários projetos, spin-offs e participações nos próximos anos.

landscape-1468936156-harley-graphic

Um destes projetos que já está em desenvolvimento é o filme da Arlequina com as Birds of Prey (Aves de Rapina), que Robbie irá estrelar e produzir. Segundo a própria atriz, o filme está sendo desenvolvido há 3 anos. Ela apresentou a ideia original na época das filmagens de Esquadrão Suicida, e parece que sempre teve uma ideia bem clara de onde ir com a personagem:

Apresentei a ideia de um filme com censura 17 anos (R-rated) com um super-grupo de mulheres que incluiria a Arlequina, porque na minha opinião a Arlequina precisa de amigas. Ela adora interagir com pessoas, portanto nunca faça ela estrelar um filme sozinha”

(Talvez porque a personagem não tenha nenhuma condição de se sustentar sozinha em um filme. Só uma ideia.)

“Ela precisa estar com outras pessoas, deve ser um grupo de mulheres. Eu não estava vendo muitos grupos de mulheres nas telas, especialmente no gênero de ação.”

dc3023055af3f6b9bc35a06df16607f7

E outro avanço do filme foi ter escolhido uma diretora para liderar as filmagens. Apontada como diretora, Cathy Yan comentou que era muito importante:

“Dar para uma diretora mulher a chance de fazer filmes com grande orçamento. Mulheres sempre recebem os filmes pequenos, minúsculos, independentes. Eu amo ação. Eu amo filmes de ação. Eu sou uma mulher. É para a gente gostar de apenas uma coisa?”

Margot Robbie disse:

“Por isso foi imensamente importante encontrar uma diretora para este filme. Mas no final das contas, homem ou mulher, apenas o melhor fica com o trabalho. E Cathy era a melhor.”