O diretor Steven Spielberg acha que tudo que for produzido na Netflix é conteúdo televisivo, e deve ser tratado desta forma. Em uma entrevista recente ele disse que não acredita que filmes que estrearem em serviços de streaming devam ser considerados elegíveis para premiações com foco em cinema, como o Oscar.

“Uma vez que você faz algo para um formato televisivo, você fez um filme para a TV. E se você fez um bom trabalho você merece um Emmy. Mas não um Oscar.” – disse Spielberg

Aqui a entrevista onde o diretor coloca sua opinião. A controvérsia sobre o Netflix aparece no minuto 4’57”:

O diretor ainda continuou: “não acredito que colocar os filmes em algumas poucas salas de cinema devessem qualificar estes filmes para indicações para o Oscar“.

O assunto todo começou quando perguntaram a Spielberg se ele achava que a Netflix era uma ameaça à Hollywood. Ele disse que sim, mas por um motivo (supostamente) altruísta: segundo Spielberg, os serviços de streaming como Netflix, Amazon ou Hulu estão fazendo com que os estúdios de cinema parem de fazer filmes com orçamento pequeno, filmes mais independentes, mais estranhos, mais arriscados e menos blockbusters.

Spielberg pode até ter razão, mas os estúdios de cinema fazem cada vez mais blockbusters e cada vez menos filmes de baixo orçamento há muito tempo. Mais tempo do que existem Netflix, Hulu ou Amazon.

filmes-lancados-na-netflix-nao-deviam-concorrer-ao-oscar-diz-steven-spielberg-110478