BDRip, BRRip, DVDRip, HDTV: entenda o significa das siglas do filmes baixados na internet

BDRip, BRRip, DVDRip, HDTV… Você vai lá baixar um filme (algum legal, que seja liberado para download, lógico) e se depara com uma enormidade de definições sobre o arquivo. Daí você escolhe e o vídeo recebido é uma droga, não dá para ver nada, o áudio é péssimo, faltam pedaços. Para ajudar a economizar tempo (e espaço no HD), abaixo algumas das siglas mais comuns e seu significado, de maneira bem simples e resumida.

Antes de tudo, tenha em mente que RIP aqui não é “descanse em paz”, mas a sigla de “ripado“, ou seja, extraído de alguma fonte (você vai ver muito esse termo). A qualidade do arquivo resultante, obviamente, não poderá ser maior do que o da origem (no máximo poderão ser feitos alguns ajustes).

Aliás, todas as siglas abaixo estão relacionadas à qualidade do vídeo – a lista elenca as piores qualidades primeiro. Também é bom lembrar que, quanto maior a qualidade, maior o tamanho do arquivo a ser baixado.

CAM – são aqueles arquivos péssimos, copiados com uma câmera digital direto do cinema. O áudio costuma ser muito ruim, a tela treme (quem copiou pode ter ficado com a câmera na mão) e até o ângulo do filme pode estar errado.

TS (Telesync) – é igual a um CAM (ou seja, em geral, horrível), com a diferença que a fonte de áudio exclusiva. Em lugar de capturar o áudio do cinema – com risos, comentários dos expectadores – usou-se, por exemplo, o fone de ouvido de uma poltrona. Tende, portanto, a ser um pouco mais audível, apenas.

WP (Workprint) – é uma cópia de um filme que vazou antes de ficar pronto. Aconteceu, por exemplo, com o “X-Men Origins: Wolverine”, que chegou na internet antes do lançamento, mas cheio de telas e efeitos faltando.

VHSRip – é ripado (ou seja, extraído, lembram?) de uma fita VHS – as de videocassete. É o caso, por exemplo, daquela fita do casamento da sua tia, que ela levou no Centro para um cara passar para DVD.

TVRip – é algo capturado direto da televisão. Seria o equivalente ao tempo em que se gravava o episódio da novela com o videocassete para ver depois. O resultado vai depender da definição da TV.

SDTV – televisão de definição padrão. Não é HD, a qualidade do vídeo vai acompanhar as limitações do aparelho.

HDTV – é High Definition, ou seja, tem alta definição. O vídeo será muito melhor que em uma televisão padrão.

DVDRip – é ripado de um DVD. A qualidade é muito superior ao VHS, mas inferior ao Blu-Ray.

BDRip / BRRip – há controvérsias se as duas siglas significam a mesma coisa ou não. Fato é que, nos dois casos, a qualidade do vídeo é de um Blu-Ray. Algumas fontes apontam que o BDRip é ripado diretamente do disco, enquanto o BRRip seria de uma fonte intermediária.