A empresa de segurança McAfee listou os 12 Golpes Virtuais Natalinos mais perigosos que os cibercriminosos começam a aplicar no período de festas de fim de ano.

De acordo com a pesquisa Consumer Reports (ou Relatório sobre Consumidores, em português) de 2009, realizada pelo instituto State of the Net dos EUA, os cibercriminosos roubaram US$ 8 bilhões de dólares dos consumidores internautas nos últimos dois anos. Fique de olho nos primeiros seis, abaixo:

Golpe I: Golpes de Phishing Beneficentes – Fique Atento ao fazer doações

Durante as festas natalinas, os hackers aproveitam a generosidade das pessoas, enviando e-mails que parecem vir de organizações beneficentes legítimas. Na realidade, são sites falsos criados para roubar as doações, informações de cartão de crédito e identidades dos doadores.

Golpe II: Faturas falsas de serviços de entregas para roubar seu dinheiro

Durante as festas, os cibercriminosos muitas vezes enviam faturas e avisos de entrega falsos que aparentemente provêm da Federal Express, da UPS ou do Serviço Aduaneiro dos EUA. Eles enviam e-mails aos consumidores solicitando informações de cartões de crédito para reembolso na conta, ou solicitam que os usuários abram uma fatura on-line ou um formulário da alfândega para receber uma encomenda. Se a pessoa seguir as instruções, suas informações serão roubadas ou programas mal-intencionados serão instalados automaticamente em seus computadores.

Golpe III: Redes sociais – Um Cibercriminoso “Quer ser seu amigo”

Os cibercriminosos tiram proveito deste período social do ano, enviando e-mails aparentemente autênticos de “Solicitação de nova amizade” de sites de redes sociais. Os usuários da Internet devem saber que clicar nos links desses e-mails pode instalar automaticamente programas mal-intencionados nos computadores e permitir o roubo de informações pessoais.

Golpe IV: Os perigos dos cartões de Natal virtuais

Os cibercriminosos lucram com os consumidores que enviam cartões de Natal virtuais em uma tentativa de ser ecologicamente conscientes. No último Natal, o McAfee Labs descobriu um worm disfarçado de cartões virtuais da Hallmark e de promoções de Natal do McDonald’s e da Coca-Cola. Anexos de e-mail com PowerPoints natalinos também são bastante usados pelos criminosos virtuais. Cuidado com os links nos quais você clica.

Golpe V: As ofertas de jóias no Natal custam muito caro

Recentemente, o McAfee Labs descobriu uma nova campanha de Natal que leva os compradores a sites cheios de malware que oferecem presentes de luxo “com desconto” das marcas Cartier, Gucci e Tag Heuer. Os cibercriminosos utilizam até mesmo logotipos falsificados da Better Business Bureau para induzir os internautas a comprar produtos que nunca receberão.

Golpe VI: Compre com segurança no Natal para não ter a identidade roubada

A Forrester Research Inc. prevê o aumento das vendas de Natal pela Internet neste ano, em busca de promoções. Enquanto os usuários compram e navegam em pontos de acesso abertos, os hackers podem espionar a atividade deles para tentar roubar suas informações pessoais. A McAfee orienta os usuários a nunca fazer compras pela Internet usando computadores públicos ou redes Wi-Fi abertas.