Um inventor neozelandês apresentou em uma feira nos Estados Unidos uma “mochila-foguete”. Glenn Martin, 48, passou os últimos 27 trabalhando no desenvolvimento da máquina. A demonstração da mochila a jato aconteceu na feira anual EAA AirVenture.

Por enquanto, o equipamento – que funciona à base de gasolina – consegue transportar passageiros em uma altitude máxima de 90 centímetros, mas Martin espera alcançar mil vezes esse número, segundo o jornal The Guardian.

Martin pretende comercializar a mochila-foguete a partir do ano que vem. Enquanto 2008 2009 não chega, a gente pode ir tentando o “Portão da Esperança”, como no vídeo abaixo.

Postado por Guilherme Neves