Na correria do dia a dia, é comum a gente ir se deixando em segundo plano para focar em outras pessoas ou demandas… e lembrar de encontrar um tempo pra si mesma, para se cuidar e lembrar que somos a pessoa mais importante que temos, pode ficar difícil. Mas afinal… se a gente não amar a si mesma, quem diabos vai nos amar? No episódio do PodDasGurias de hoje, o assunto é exatamente esse: amor próprio.

E claro que toda mulher já passou por algum relacionamento no qual recebia menos do que deveria e a frase que mais descreve é: “você aceita o amor que você acha que merece”. Para Carol Sanches, isso com certeza é menosprezar a nós mesmas por aceitar um amor abaixo das nossas necessidades e expectativas.

“Eu por muitas vezes fiz isso. E a consciência de saber o que é melhor pra mim, escolher coisas que vão me fazer bem em primeiro lugar e não ao outro, só veio agora nessa última fase da minha vida”.

A Mari Araújo divide com a gente que ela está em um momento de redescoberta da vida dela. “Essa questão toda de autoconhecimento não é um egoísmo. Às vezes a gente querer ficar sozinha, ter o nosso tempo, fazer as nossas coisas sem a companhia de alguém, é importante”.

Mari ainda complementa que pela primeira vez está morando sozinha, e que isso se deu ao término de um relacionamento de longa data. “Tive um relacionamento muito longo de 8 anos. Desde 2018 a gente morava junto, e em maio deste ano passei a morar sozinha. Se eu pudesse recomendar algo, antes que tu for sair da casa dos teus pais, é importante ter a experiência de viver sozinha. Tem muita gente que acha que não é capaz de ser feliz sozinha. Quando aprendemos a apreciar a nossa própria companhia, é um autoconhecimento tão profundo que a gente se sente autossuficiente”.

E você, já sabe se amar? Se você ainda tem dificuldades em ver o quão especial é nesse mundo, vem ouvir esse episódio, que tá só amores <3