O dia 28 de junho é sinônimo de orgulho LGBTQIA+! Um dia para lembrarmos da luta pelo respeito e também para celebrar o mundo todo levantando uma só bandeira: a do amor <3

Para marcar esse dia, vamos relembrar músicas que fizeram parte da história desse movimento desde o início até os dias atuais. Bora lá?!

Cyndi Lauper – True Colors
Música que foi dedicada ao amigo da artista que morreu de AIDS em 1986, True Colors é associada ao movimento gay, onde já foi representada até em novelas de grande sucesso da Globo. Cyndi também fundou o True Colors Fund, fundação que fornece suporte a jovens LGBTQIA+ em situação de rua nos EUA.

Arcade Fire – We Exist
Uma verdadeira representatividade e protesto. We Exist foi aclamada pela comunidade LGBT pela sua letra e clipe que tratam sem medo da igualdade de gêneros.

Lady Gaga – Born This Way
O hino LGBT de hoje. Lady Gaga trouxe em Born This Way a auto aceitação e sobre declarar ao mundo que não há nenhum problema em ser você, independente de quem você ama ou do gênero com o qual você se identifica. Um hino é um hino, né?

Preta Gil feat Vários Artistas – Filhos do Arco-íris
A canção Filhos do Arco-íris foi feita especialmente para a Parada Do Orgulho LGBT de São Paulo, em 2017. Com uma letra e um clipe magnífico, a faixa conta com participações de Alice Caymmi, Carlinhos Brown, Daniela Mercury, Di Ferrero, Fafá de Belém, Gloria Groove, Kell Smith, Luiza Possi, Pabllo Vittar, Paulo Miklos, Preta Gil e Sandy.

Lulu Santos – Toda Forma de Amor
Um dos maiores artistas nacionais, Lulu Santos aos 65 anos, se revelou gay assumindo o namoro Clebson Teixeira. Desde então, a música que já era considerada símbolo LGBT, passou a ter mais significado ainda para os fãs e seguidores das causas LGBTQIA+.

Assim como Lulu Santos, consideramos justa toda a forma de amor <3