cunhado ana

E o caso Ana Hickmann continua rendendo pano pra manga… Francisco de Assis Santiago, promotor do 2º Tribunal do Júri do Fórum Lafayette, em Belo Horizonte, Minas Gerais, vai denunciar o cunhado da apresentadora, Gustavo Correa, por homicídio. No dia 21 de maio, Gustavo acabou matando o homem que invadiu o quarto do hotel onde Ana estava hospedada, atirando contra  apresentadora, e ferindo sua mulher (e assessora de Ana), Giovana Oliveira.

Francisco deverá entregar a denúncia ainda nesta quinta-feira, 7 de julho.

“Ainda não posso falar nada. Se denunciei, tem uma base, mas não posso falar nada por enquanto, porque não entreguei ainda”, afirmou o promotor.

Maurício Bemfica, advogado de Gustavo, afirmou que ainda não tem conhecimento sobre a acusação.

“Só posso me pronunciar quando tomar ciência que é de fato a intenção dele. Só depois, com os dados da denúncia, se é que vira, que podemos nos pronunciar”, afirmou Maurício.

A assessoria de Ana Hickmann não quis se pronunciar por enquanto.

Um dia após o atentado, o delegado Flávio Grossi havia afirmado que, apesar de Gustavo Correa ter sido autuado em flagrante, era possível entender que a ação havia sido em legítima defesa, o que deixaria o caso praticamente esclarecido. Em maio, Grossi reuniu a imprensa para apresentar as conclusões da investigação. Na ocasião, ele afirmou que inquérito seria encaminhado para a Justiça, com sugestão de arquivamento.

“Mas a decisão será do Ministério Público e do Judiciário”, frisou o delegado na época.