Marcelo Falcão

Nessa semana uma notícia polêmica circulou envolvendo o vocalista da banda O Rappa, Marcelo Falcão e a justiça.

De acordo com a comerciante Thiene Silveira, o cantor seria pai de uma de suas filhas e por isso ingressou uma ação de reconhecimento de paternidade, exigindo assim o exame de DNA, para comprovar ou não a compatibilidade genética entre os dois. Segundo Thiene, ela teve uma única relação sexual com Falcão em 1998, na época ela era casada, e trabalhava com eventos na cidade de Salvador, na Bahia:

“Não podia imaginar que em uma única noite de sexo eu engravidaria. Mas aconteceu. No decorrer dos anos, notei que minha filha era diferente dos outros irmãos, que eles eram loiros e, ela, morena”

Segundo a comerciante, por diversas vezes tentou o contato com Falcão, mas as tentativas sempre foram em vão. Depois de muitos anos e inúmeras tentativas desperdiçadas, ela conseguiu enfim que eles fossem apresentados:

 “Levei minha filha duas vezes a um show e a apresentei a ele. Em um deles, Marcelo se ajoelhou aos pés dela. Mas, na justiça, ele nunca compareceu às audiências”

O advogado do cantor neste caso, o Dr. José Estevam Macedo Lima, se manifestou dizendo que as coisas não são tão simples assim:

“O que quero deixar claro é que realmente existe a ação judicial, mas por questões de justiça não posso dar detalhes. Os elementos estão sendo avaliados. Marcelo tem uma audiência marcada e a justiça é formal, não é informal. Essa menina é registrada por outro homem. É preciso que essa paternidade seja desconstituída antes de tudo”

Já Falcão preferiu as redes sociais para se manifestar sobre o caso:

Falcão (Foto: Reprodução/Twitter )

Já dizia a cantora cega Cátia: “Aaaah são coisas da vidaaaa!”