bruht

Três aspectos definem o trabalho da Bruht: o corte das peças, a exclusividade das estampas e, principalmente, o cuidado com as clientes.  Aos poucos, a estilista Bruna Hoffmeister Tessmann de Novo Hamburgo cresceu no mercado e conquistou seu espaço.

A marca Bruht iniciou ainda no período em que a Bruna cursava Moda na Feevale, mas produzia apenas saias nessa época.  Saias para todos os tipos de ocasiões. Isso porque ela e a irmã, a arquiteta Betina Tessmann Schmidt, nunca foram de usar calças e preferiam vestidos e saias. A pequena produção ficava no porão da casa dos pais. Normal para quem está começando. Mas quando o negócio tomou uma proporção maior, elas decidiram ampliar e consolidar o ateliê da Bruht.  Aliás, a Betina é participante mais que ativa da marca. Não só como sócia, mas também como “musa” do perfil de público-alvo. Hoje, a Bruht tem a linha dia-a-dia com 2 coleções anuais (com eventos de lançamento e tudo!) e a linha de roupas de festa, chamada de Atelier Bruht.

23658390_774119126131482_292116665748534659_n

Um aspecto da produção que a Bruna valoriza em todas as peças é o corte do tecido.  Ao longo de sua carreira, a estilista aprendeu que esse cuidado é o que faz diferença no resultado final. As coleções são todas cortadas no atelier e disso, não se abre mão.

“O corte é uma das partes mais difíceis e que precisa desse cuidado. Prestar atenção no tecido e como ele se comporta define o caimento da peça”, afirma a estilista.

_M1_0437

As estampas exclusivas também fazem sucesso com as clientes.  Ao contrário do grande público, a Bruna tem a sorte que sua clientela tem interesse e busca entender o conceito por traz das coleções.  As estampas são criadas a partir do tema escolhido para a temporada e são primeiro feitas no papel mesmo, com a ajuda da designer Karina Klein.  “Minha cabeça é uma maluquice. Quem me vê criar, acha engraçado”, diz a Bruna, rindo de si mesma. Ela admite não ser muito boa com o desenho, mas nada que a impeça de criar padronagens super diferentes. Após ser desenhada no papel, é passada para o computador e, então, estampada no tecido.

IMG_2670

A foto acima mostra o início da estampa da coleção All Things Itália, baseada na flor da oliveira. Junto ao “floral”, listras vermelhas como os italianos usam. Da até para imaginar os vinhedos italianos né, não? Na imagem abaixo,  dá para conferir como ficou a estampa finalizada!

IMG_3414

Contudo, para a Bruna o diferencial da Bruht é o olhar observador sob a cliente.

“Meu pai sempre disse para crescer junto com o negócio. Foi analisando o que vendeu mais em cada coleção e o motivo disso que fui aprendendo a olhar para elas”, diz a estilista.

As peças são criadas pensando antes em quem é, o que faz e como vive a cliente. Só aí, então, focar no lado estético e conceitual. Afinal, ninguém merece usar uma roupa desconfortável para trabalhar. Ou, até mesmo, comprar aquela peça que fica anos ali no armário esperando a ocasião certa que nunca acontece.

A coleção de inverno já está sendo produzida, e preparem-se que vem coisa boa por aí: estampa de onça com formas geométricas? Mistura de materiais e tons terrosos? Por enquanto, seguimos nervosas e imaginando como vai ser, mas com a certeza que vai ser uma coleção feita com o maior cuidado e para todas as ocasiões.

Nervous Krystal Jung GIF-downsized_large

Bruht

Novo Hamburgo/RS

Contato:

Insta: @bruhtbruht e @atelierbruht

Facebook: /bruhtbruht

Instagram-ATL-Girls