mandala09032018_CV2

Pra começar: ela é linda! Tem uma “vibe” bruxa! Com a capa roxa e desenhos grafados em dourado.

Mas, afinal, o que é uma mandala?

A Mandala é uma espécie de agenda-diário para anotações dos ciclos femininos em sintonia aos ciclos da Lua e da natureza.

O livro traz ferramentas para o registro diário das sensações físicas, emocionais e energéticas que circulam em nós, mulheres, nos tornando mais atentas e conscientes dos nossos movimentos internos. Ao observar a natureza, somos capazes então de assumir nossos próprios ciclos com mais devoção e algo completamente natural.

O que vai ser encontrado na Mandala?

#1 Diário:

O diário é guiado pelo ritmo da Lua e dividido em 13 lunações onde destacamos toda Lua Nova e Lua Cheia para que se perceba e se sinta de forma mais forte esses momentos, permitindo um maior espaço de escrita para uma reflexão profunda de seus sentimentos no dia. É um espaço de escuta, cuidado e atenção de você para você mesma. Um quarto quentinho para praticar o auto-amor, se ouvir, se dar atenção e se conhecer.

8-boneco-1a-lunação-1

A escrita diária proporciona um momento de introspecção e atenção. Você pode trazer suas percepções e se expressar escrevendo, desenhando, registrando seus sonhos noturnos, visões e inspirações.

#2 Diagrama:

O diagrama é um espaço para registro diário das suas sensações através do uso de cores e símbolos. No início de cada lua nova, se encontra uma página ilustrada marcando o novo ciclo que inicia. Na página seguinte há a mandala.

WhatsApp Image 2018-02-21 at 17.30.42

Ela foi criada com o propósito de facilitar o registro de diferentes sensações, permitindo uma interpretação visual delas. Com o uso de cores como legenda, o preenchimento regular da mandala forma uma espécie de infográfico que lhe permitir descobrir seus ritmos e encontrar os padrões únicos que só você mesma tem.

Um coisa muito legal na mandala é que ela é bem didática, com informação de como se faz, se pinta e se preenche

Como se faz?

#1: Cores (como legenda de suas sensações no cotidiano)

Defina uma cor para representar cada umas das suas sensações. Crie sua legenda no marca páginas pintando o espaço correspondente e escrevendo ao lado o seu significado. Para poder comparar seu ciclo mais facilmente, é importante que você use sempre as mesmas cores durante o ano, seguindo a mesma ordem no diagrama.

#2: Símbolos (para assinalar coisas factuais)

khbcjf

Os símbolos existem para você visualizar o ritmo que se repetem coisas pontuais ao longo do ciclo. Você pode criá-los para registrar suas percepções físicas, psíquicas, emocionais, suas ações e atividades. Faz mais sentido se são coisas que você realiza com alguma frequência. Seu registro de símbolos vai sendo construída ao longo do ano.

#3: Sensações físicas:

A parte externa da mandala é reservada para você colocar os símbolos de percepções físicas relacionadas ao seu ciclo menstrual. Você pode usar os exemplos para criar e desenhar os símbolos das manifestações e acontecimentos mais comuns de seu ciclo (como cólicas, espinhas, inchaço, etc).

O que mais tem?

Tem imagens e textos sobre as fases da lua e suas influências sobre todos os organismos da Terra, os solstícios (verão) e equinócios (inverno), além de conteúdos voltados às partes do corpo das mulheres.

WhatsApp Image 2018-02-21 at 18.11.40

0-boneco-vulva-e-clito-1

E também um guia de plantas medicinais; o poder do sangue menstrual; a história de mulheres importantes na história, o ciclo menstrual e suas fases; os tipos de ciclos menstruais, percepção de fertilidade, alguns métodos contraceptivos e sua eficácia.

5-boneco-medicinais-3-1

6-boneco-sangue-1-1

Instagram-ATL-Girls