Globo_de_Ouro

O Globo de Ouro de 2018, rolou neste último domingo (7 de janeiro) e premiou os melhores profissionais de cinema e televisão, filmes e séries de 2017. A cerimônia, foi marcada por uma série de protestos, por conta dos últimos escândalos de abusos sexuais envolvendo famosos. Logo de início, atrizes e atores chegaram ao tapete vermelho vestidos de preto e alguns vieram acompanhados por ativistas.

Dentre as honrarias, Oprah Winfrey ganhou o prêmio honorário Cecil B. DeMille (tem post da Antônia no Divã da Aline sobre o texto empoderador da Oprah, clica aqui!).

oprah winfrey thank you GIF by Golden Globes

Em seu agradecimento, fez um emocionante discurso e citou o nome de Recy Taylor.

Mas quem é Recy?

recy-taylor

Recy Taylor, era uma agricultora negra de 24 anos, que fazia o caminho até sua casa com seu filho pequeno, após assistir uma missa em Abbeville, no Alabama (EUA). Ela foi abordada por um carro com sete homens brancos armados que faziam ameaças e a levaram para um matagal, onde sofreu um estupro coletivo por 6 destes homens, em 3 de setembro de 1944.

Violada e deixada na estrada, vendada, sobe intimidação a morte se contasse a alguém.

Mas o caso de Recy acabou chegando aos ouvidos da NAACP (Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor) e uma investigadora chamada Rosa Parks tomou conta do assunto. Rosa, ficou famosa nos EUA por se recusar a ceder seu lugar a uma pessoa branca, em 1955.

O acontecimento, ganhou repercussão em 2017, quando o documentário “The Rape of Recy Taylor” (trad: O Estupro de Recy Taylor) foi lançado. Taylor, morreu logo depois aos 97 anos.

Apesar dos culpados confessarem o crime, eles jamais foram presos ou sofreram punição. Apenas em 2011, o governo do Alabama fez um pedido de desculpas com retratação oficial e reconheceu ter falhado na punição dos agressores.

Oprah contou a história de Recy comparando o que acontece ainda com a frase: “Por muito tempo, não ouviam as mulheres, ou não acreditavam nelas quando ousavam falar a verdade sob o poder desses homens. Mas esse tempo acabou. Esse tempo acabou.

 

Beijos crocantes!

Quer acompanhar um pouco mais dos meus trabalhos? Então me acompanhe nas redes sociais: instagram.com/taiciaribeiroinstagram.com/taiciadesigner/facebook.com/taicia.ribeiro, facebook.com/taiciaribeiroilustradora behance.net/taicia

Instagram ATL Girls