hysteria

Renata Brandão, CEO da “Conspiração Filmes” uma das maiores produtoras independentes do Brasil, é também idealizadora do projeto “Hysteria“, que é uma plataforma de vídeos estrelada por mulheres, e com conteúdos que abrangem o universo feminino, buscando mais representatividade e protagonismo.

Ela explica que o nome surgiu de “Hystera ou Hysteros” que significa útero, em grego. É um termo indissociável do feminino, mas sabemos que ao longo dos anos sofreu com novos significados usados para se referir as mulheres com transtornos nervosos e associado à bruxaria. Durante anos foi utilizado para nos calar: “Você é histérica”. A ideia aqui, foi se reapropriar do termo histeria, se apossar do que é nosso para ressignificar.

pc

Neste mês foi lançado o site, mas elas pretendem alcançar a TV, o cinema e a música. Dentre os conteúdos da plataforma, uma série intitulada “Alerta de Tubarões“, com entrevistas divertidas com youtubers que não ficam nenhum dia à deriva, outra, de microfilmes chamada de “Alívios e Pequenas e Mortes” que expõe situações corriqueiras que afligem e/ou confortam, e a “Tudo”, estrelando Maria Ribeiro. Em 2018, planejam realizar o “Festival Hysteria”, com shows e apresentações musicais de mulheres em praças e bares de São Paulo.

Veja o vídeo de lançamento com a participação da cantora Letrux:

Vale muito dar uma olhada no site, clica aqui!

Beijos crocantes!

Quer acompanhar um pouco mais dos meus trabalhos? Então me acompanhe nas redes sociais: instagram.com/taiciaribeiroinstagram.com/taiciadesigner/,
facebook.com/taicia.ribeiro, facebook.com/taiciaribeiroilustradora e behance.net/taicia

Instagram ATL Girls