mulher lendo

Para quem ama ler, ainda mais bons livros, separamos algumas dicas que vão te trazer muito repertório histórico e cultural sobre a trajetória das mulheres. A seleção de livros ajuda a entender o que é ser mulher neste mundo que evolui tão rapidamente e que, mesmo assim, às vezes parece ter parado no tempo.

#1 “Mulheres, Cultura e Política”, Angela Davis

Com estatísticas e dados históricos, a ativista política norte-americana Angela Davis apresenta as condições das mulheres, da classe trabalhadora e da população negra nos EUA nos anos 1980. Parece distante, mas tudo ainda é super atual: algumas de suas grandes preocupações são a concentração de renda e a necessidade de lutar pela educação para todos.

Essa semana com o caso de racismo sofrido por Titi Gagliasso, filha dos atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank uma frase de Angela ganhou as redes sociais:

“Numa sociedade racista, não basta não ser racista. É necessário ser antirracista”.

#2 “10 Lições Sobre Hannah Arendt”, Luciano Oliveira

Impressionada  com o fenômeno totalitário do começo do século 20, a filósofa alemã defende nos artigos deste livro as liberdades públicas. Hannah volta a Atenas para falar sobre como a estrutura da polis seria uma boa ideia no que diz respeito à esfera pública de seu tempo e arrisca dizer que não é tarefa da política resolver as questões sociais. Tudo isso dando destaque ao papel da mulher na sociedade. <3 

#3 “Sejamos Todos Feministas” – Chimamanda Ngozi Adichie

A autora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie parte de sua experiência como mulher africana para analisar o que é ser feminista no século 21 e por que o feminismo está aí para beneficiar mulheres e homens. Ela também levanta reflexões sobre como criar meninas para serem o que quiserem e meninos para serem mais livres, sem precisar se encaixar em características de “machões”.

#4 “O Mito da Beleza” – Naomi Wolf

Nesse livro Naomi Wolf analisa seis áreas da vida contemporânea e sua relação com os ideais de beleza: emprego, cultura, religiosidade, sexualidade, distúrbios alimentares e cirurgias plásticas. E, assim, ela levanta o debate de que a atenção exagerada à beleza feminina impede que as mulheres conquistem mais poder real na sociedade.

#5 “Um Teto Todo Seu” – Virginia Woolf

O ensaio reflete sobre a posição social da mulher, em que medida ela influencia na produção literária e como será possível conquistar mais espaço, literal e figurativamente, para as escritoras em uma área dominada pelos homens. Aqui, Virginia bate bastante na tecla de que a mulher não tem liberdade para expressar seus pensamentos. Esta edição tem, ainda, trechos de diários da autora.

Resultado de imagem para mulher lendo

Então meninas, o que vocês estão esperando para incluir na lista de leituras essas obras maravilhosas? Escolha suas preferidas e boa leitura <3

Instagram ATL Girls