no free photos

Durante as semanas de moda de verão 2018, os fotógrafos de street style se reuniram e lançaram o movimento chamado #NoFreePhotos (#FotosGrátisNão). A hashtag, que tem aparecido nas redes sociais de quem acompanha o mundo da moda, chama atenção à causa dos direitos autorais.

Segundo alguns fotógrafos, influencers utilizam suas fotos para cumprir trabalhos com marcas quando querem divulgar roupas e acessórios – isso porque republicando cliques de street style, os influencers impulsionam muitas marcas parceiras, e nenhum lucro é dividido com os fotógrafos, mesmo que tenham proteção autoral.

Já os influencers afirmam que os fotógrafos violam seus direito quando capturam imagens sem o consentimento, seja para cobertura de desfiles ou até mesmo para sites.

Em entrevista para o Hollywood Reporter, o fotógrafo BryanBoy afirmou que a solução é que ninguém faça trabalhos gratuitos. Segundo ele, a moda precisa acordar e parar com essa cultura de trabalho gratuito, mesmo para influencers.

Nós somos descartáveis. Sempre tem alguém com mais seguidores que a gente que fará coisas de graça. É assim para fotógrafos, escritores e modelos. Isso precisa parar.

A ideia, além de levantar o assunto entre o meio, é modificar as atitudes. De acordo com os fotógrafos, se nada a acontecer, eles enviarão pedidos para que as marcas e influencers deixem de usar as fotos.

Instagram ATL Girls