fotografia

Kirsten McGoey quando mais jovem sempre foi tachada por gostar mais de coisas de “menino” do que de meninas, e a igualdade de gênero proporcionou a ela não deixar de fazer o que ela gostava pela opinião alheia. Ao se tornar mãe de três garotos ela percebeu que muitas coisas ainda não mudaram, tal como os estereótipos de gênero, e decidiu criar uma série de fotos mostrando o que o filho mais gosta de fazer, que é dançar!

O menino, que foi inspiração para a série A Boy Can Too (“Um Menino Também Pode”), que fala sobre os garotos e suas paixões que ainda são consideradas coisas femininas, desde os oito anos sempre gostou de dançar, interpretar personagens e cantar.

Depois que a fotografa compartilhou as primeiras fotos, começou a conhecer outros meninos que sofriam julgamentos como o seu filho, além de fazer as fotos dos garotos, ela também conversa bastante com eles para tentar entender um pouco do que eles passam. Kristen já chegou a ser questionada um dia se não se preocupava com a possibilidade do filho ser gay por gostar de rosa e de dançar.

“Não consigo nem entender como associam essas coisas, mas sei que esse projeto precisa se esforçar para convencer as pessoas que ainda se prendem a esse ponto de vista”, contou, McGeoey

Ela ainda contou que ao falar com meninos mais velhos eles falaram sobre os feedbacks negativos que recebiam pelos seus gestos ou algum tipo de hobby.

“Gosto de aproveitar para ajuda-los a ver a importância que eles têm para inspirar os mais novos, de mostrar como eles têm uma mensagem importante para compartilhar”.

BEBEBBEBEBEBE

Confira todas as fotos do ensaio aqui 

Instagram ATL Girls