violencia obs

O nascimento de uma criança!

Depois de longos meses, quilos a mais, imaginando como seria receber um ser tão pequeno na sua vida.

Um momento único, cheio de vida, amor e renovação da fé na humanidade.

Um dia inesquecível para muitas mulheres.

giphy

Infelizmente para outras não.

Violência obstétrica. Talvez você nem saiba o que é isso, mas infelizmente milhares de mulheres passam por isso.

“Uma em cada quatro mulheres brasileiras que deram a luz em hospitais públicos ou privados relatam algum tipo de agressão durante o parto”, segundo a  pesquisa Mulheres Brasileiras nos Espaços Público e Privado, feita pela Fundação Perseu Abramo em parceria com o SESC, em 2011.

Por conta desses dados e também por experiência própria que a produtora cultural Caroline Ferreira, juntamente com a fotógrafa Carla Raiter, decidiu criar o projeto “1:4 Retratos da Violência Obstétrica”, que foi lançado em março de 2013.

Fotos que retratam partes dos corpos dessas mulheres – que tiveram suas identidades preservadas – e neles, partes dos seus depoimentos em forma de tatuagem. E o que mais surpreendeu as idealizadoras era os desabafos dessas vítimas, muitas diziam que não sabiam que haviam passado por uma violência obstétrica.

violenciaobtetrica07

violenciaobtetrica08

violenciaobtetrica03

violenciaobtetrica05
violencia obs

violenciaobtetrica04

violenciaobtetrica02

violenciaobtetrica01

Triste isso não é?

Por isso precisamos falar mais sobre esse e outros tantos assuntos, para que outras pessoas não passem por isso!

Beijos pipow!

www.fofocademae.com.br

Instagram ATL Girls