frida1

“El arte mas poderoso de la vida, es hacer del dolor un talisman que cura, una mariposa renace florecida en fiesta de colores!” – Frida Kahlo

 

Mulher guerreira, conhecida por sua história de superação, Frida Kahlo inspira muitos. Inspira pela forma enérgica que conduziu sua vida, pela personalidade ímpar, pelo amor à nação, pelos ideais revolucionários e feministas, e sobretudo, pela arte! Frida teve uma trajetória de sucesso e sofrimento, e é por tanta determinação e força, que nos encantamos cada vez mais com ela.

Intensa nas obras que pintava, nas roupas de cores vibrantes que vestia, nas flores, nos penteados e no amor por Diego Rivera, Frida viveu pouco, mas o suficiente para se tornar inesquecível. Dia 6 de julho de 2016, ela completaria 109 anos. É por tudo isso e muito mais que comemoramos seu aniversário contando 10 curiosidades sobre a vida da artista mexicana.

giphy-2

#1 Magdalena Carmen Frieda Kahlo y Calderón

Frida nasceu em Coyoacán, pequeno distrito nos arredores da Cidade do México. Viveu na casa de seus pais, lugar conhecido como La Casa Azul, e que hoje abriga o Museu Frida Kahlo. Ela media 1,60 metros de altura e tinha uma perna mais fina que a outra devido à poliomielite que teve ao seis anos de idade. Aos 18 anos, sofreu um terrível acidente que afetou sua saúde pelo resto de seus dias. Esse fato marcou sua vida e também sua obra, uma vez que representava a dor e o sofrimento vivenciados dia a dia. Foi apaixonada pelo também pintor Diego Rivera, com o qual tinha um relacionamento conturbado e abusivo.

frida-kahlo

“Pés, pra que te quero, se tenho asas para voar?” – Frida Kahlo

#2 Frida gostava de uma cerveja

Dizem que Frida Kahlo não dispensava uma cerveja. Em 1942 uma fotografia da artista ao lado de uma Bohemia rodou o mundo. Recentemente a marca usou a imagem da mexicana para uma edição especial de suas garrafas.

giphy1

“Bebi porque queria afogar minhas mágoas, mas agora as coisas malditas aprenderam a nadar” – Frida Kahlo

#3 Frida era uma grande colecionadora

Entre seus objetos preferidos estavam ex-votos, que são presentes dados pelos fiéis ao seu santo de devoção, peças de arte popular, e, claro, vestidos (foram encontrados mais de 300 deles na casa onde viveu).

COLECCIONPERMANENTE_COLECCIONES_ESPACIOS_351

“Há alguns que nascem com estrelas e outros com mais algumas, e mesmo que você não queira acreditar, nasci com constelações…” – Frida Kahlo

#4 Foi capa da revista Vogue

Em 2012, a revista Vogue mexicana deixou de lado as modelos para sua capa de novembro e estampou a publicação com Frida Kahlo. Quase 60 anos após a sua morte ela foi pela primeira vez capa de uma revista de moda. A imagem escolhida foi feita pelo fotografo Nickolas Muray.

frida_es_una_y_muchas_2756_643x447-2

“A beleza e a feiura são uma miragem, pois os outros sempre acabam vendo nosso interior” – Frida Kahlo

#5 Médica e poliglota

Antes de ter sua carreira nas artes, Frida cursava faculdade de medicina no México. No entanto, sua relação com a pintura já vinha desde pequena, pois seu pai, Guillermo Kahlo, fazia quadros autorais para passar o tempo. Além disso, Frida falava espanhol, inglês, francês e um pouco de alemão e russo.

giphy2

“Pensaram que eu era surrealista, mas nunca fui. Nunca pintei sonhos, apenas minha própria realidade” – Frida Kahlo

#6 As Cores

Frida era apaixonada por cores. Em um de seus diários, a pintora explica alguns significados e referências das cores em suas obras. Por exemplo, o amarelo representava a loucura, medo e doença, enquanto o azul cobalto significava a eletricidade, amor e pureza.

frida1

“Ao fim do dia, podemos aguentar muito mais do que pensamos que podemos” – Frida Kahlo

#7 O cabelo

Frida também era apaixonada por flores, talvez por isso as usasse em seu cabelo. Alguns de seus penteados eram tradicionais tehuanos e outros criados por ela mesma. A mexicana gostava de usar os cabelos presos com tranças, fitas coloridas e enfeitava com rosas, margaridas, crisântemos e brincos de princesa.

ImageResizer.net - k7uzi3u3akgeyp5 (1)

“Pinto flores, assim elas não morrem” – Frida Kahlo

#8 Amizades

Frida fez parte de um cenário cultural e efervescente, no qual foi conquistando seu próprio espaço e suas relações. Além de hospedar o marxista russo Leon Trotski (com o qual dizem que ela teve um relacionamento), recebeu em sua casa o pintor surrealista André Bretón e ganhou de Picasso um brinco de presente.

67b5789f5aa09eb23ddda0f7855eac13

“A dor, o prazer e a morte não são mais do que o processo de existência. A luta revolucionária neste processo é uma porta aberta à inteligência” – Frida Kahlo

#9 As roupas

Para Frida as roupas eram uma linguagem pessoal e uma forma de se sentir melhor com a doença. Seu estilo preferido e mais representado em suas obras foi o típico mexicano de Tehuanpec. As mulheres desta região viviam em uma sociedade matriarcal e participavam ativamente da Revolução Mexicana, o que evidenciava a postura política de Frida (a favor da independência feminina e nacional). Esse tipo de roupa permitia que ela disfarçasse a perna, consequência da pólio, e o corpo fragilizado pelo acidente e cirurgias.

frida-kahlo-dresses-on-display-exhibition-in-mexico-city

“Não há nada mais bonito do que o sorriso” – Frida Kahlo

#10 Um bilhete antes de morrer

Em 1954, Frida foi encontrada morta dentro de sua casa. Ela tinha 47 anos. Em seu atestado de óbito consta como causa da morte uma embolia pulmonar, mas até hoje não se descarta a ideia de que tenha sido decorrente de uma overdose de remédios. Ela deixou um recado em seu diário dizendo: “Espero alegre a minha partida e espero não retornar nunca mais”.

Frida-Kahlo (1)

“Nada é absoluto. Tudo muda, tudo se move, tudo gira, tudo voa e desaparece” – Frida Kahlo

Instagram ATL Girls