foto5

22 anos, sem grana, declaradamente anarquista e cometendo pequenos furtos em lojas. 30 anos CEO de um dos maiores e-commerces de moda no mundo. Resumi em poucas palavras a história de Sophia Amoruso, a fundadora da marca gringa Nasty Gal (se não conhece, dá uma olhada, é incrível). E a história dela é tão diferente, e ao mesmo tempo parece tão acessível, que poderia ter acontecido com a gente, e deu origem a um livro e a uma expressão criada pela própria Sophia: #GIRLBOSS.

Ser uma #GIRLBOSS, segundo Sophia, é muito mais do que a tradução literal da palavra (uma mulher que é chefe, que tem poder), é alguém que sonha grande e que pretende trabalhar duro por esses sonhos, é ser a chefe de sua própria vida, não necessariamente ser chefe de qualquer outra pessoa.

54a325a5a7ac0_-_elle-girl-boss-cover-v-elv

Separamos 10 dicas da autora em como se tornar uma #GIRLBOSS, na vida e no trabalho! :)

#1 Aprenda a ver o fracasso como uma coisa boa – e a não ter medo dele

giphy (1)

“O fracasso é uma invenção sua”, é o título de um capítulo do livro. O que ela quer dizer, é que fracasso não existe, já que, quando você fracassa, você aprende e ganha experiências, e fracassar é essencial para o crescimento.

#2 Loucura é fazer a mesma coisa todos os dias e esperar resultados diferentes

giphy (3)

Mais uma ótima frase do livro: se você quer sair do seu trabalho e ter uma empresa, não vai conseguir se continuar indo pro trabalho todo dia e fazendo tudo igual. Nesse caso, loucura não é largar um trabalho fixo pra tentar outra coisa e sim seguir trabalhando e achar que algum dia algo vai mudar. Basicamente ela disse: arrisque-se e não dê bola pra quem te chamar de louca – loucos são eles! :)

#3 Lembre-se de que nada é chato e difícil para todo mundo

giphy (4)

Sophia odiava finanças e encontrou um analista financeiro que adorou ensiná-la sobre o assunto, ou seja, se concentre no que você gosta e sabe fazer e chame pessoas que gostem tanto do que você considera chato quanto você gosta do que considera legal. Assim, você constrói uma rede de pessoas motivadas e interessadas a fazer acontecer!

#4 Quando você pensa em alguém, você dá poder à essa pessoa

giphy (5)

Ela usa essa frase no livro quando fala de concorrência, de que ela não se preocupa com seus concorrentes, pois acredita que pensar muito em algo ou alguém dá poder a ele. Podemos estender esse pensamento para toda a vida, e não pensar naqueles que podem nos ameaçar ou fazer mal, foque em você mesma.

#5 Você pode fazer qualquer coisa ser criativa

giphy (6)

A autora trabalhou em muitos trabalhos chatos antes de ter a Nasty Gal: de recepcionista de uma escola de artes a vendedora de loja, mas ela diz que sempre fazia seus trabalhos serem o mais criativos possíveis. Por exemplo: se você está entediada preenchendo planilhas, tente ver o máximo de linhas que consegue preencher em 30 segundos, busque nas atividades entediantes do dia a dia uma forma de criar – e se divertir.

#6 Estilo não tem nada a ver com moda – muito menos com dinheiro – e sim com personalidade. Isso sim faz diferença

giphy (7)

Imagine: uma pessoa que não se importa nem um pouco com moda, está de jeans e camiseta. Agora uma outra, que se importa muito, está com todas as ultimas tendências do momento, qual delas passa mais personalidade: a primeira né? Sophia sempre teve estilo, mesmo quando não tinha dinheiro, e ela diz que você deve ser fiel ao seu estilo pessoal e não se importar com tendências que não são pra você. Ter estilo e personalidade, faz com que você se destaque em qualquer lugar, use o que você gosta, e te faz bem!

#7 Independente de quais forem seus sonhos, se você ouvir quem está ao seu redor, as chances deles se tornarem realidade são bem pequenas

giphy (8)

Mais do que acreditar em si mesma, se você perder tempo ouvindo o que todo mundo tem para te dizer e olhando para as atitudes e conquistas alheias, o tempo para se concentrar em seus próprios sonhos diminui: foque em você!

#8 Quando ouvir um “não”, considere-se ouvindo um “como?”

giphy (9)

No livro e em entrevistas, ela ressalta que o “não” é só o ponto de partida, é tipo: “ok, levei um não, agora como vou ser mais criativa na minha próxima tentativa?”. Rejeição dói sempre, mas o sentimento de orgulho que você tem quando tenta de novo e consegue é muito melhor do que se tivesse funcionado na primeira vez!

#9 Aprenda a se sentir confortável assumindo riscos

giphy (11)

Quando você sonha grande, você vai assumir muitos riscos ao longo da vida, e se isso for confortável para você, a vida vai ser mais leve, mais fácil e provavelmente você vai chegar lá antes. Aprenda a gostar da adrenalina de assumir riscos no trabalho!

#10 Faça o trabalho sujo

giphy (10)

Sophia começou vendendo roupa vintage no Ebay. Ela passava horas barganhando em brechós nada limpinhos, depois analisava e cuidava de cada peça garimpada. Fotografava todas as peças, sempre tendo muito cuidado com a estética e construiu seu site todinho quando mal sabia mexer no photoshop. Esses foram só alguns dos itens que ela precisava trabalhar. Assim, garantiu sempre uma entrega de alta qualidade.

7abc6e25c0fbd2903731a9c2ae19f77e